Skip to content
Menu

BeReal

Conheça a BeReal, a nova rede social quer “seja real”

Proposta da nova plataforma é estimular os usuários a serem autênticos com postagens casuais, sem filtros e sem efeitos.

A BeReal, é a nova rede social disponível para Android e IOS e, tem uma proposta diferente: estimular os utilizadores a “serem eles mesmos”. 

Embora tenha sido lançado em 2019, a aplicação teve um aumento significativo nos últimos meses.

Idealizada por empresários franceses, o BeReal oferece uma dinâmica casual, que vai na direção contrária das redes sociais já consolidadas no mundo digital. 

O que é BeReal e como funciona?

A BeReal incentiva os utilizadores a serem autênticos e a mostrar quem são “de verdade” durante o dia a dia. A app permite apenas um post diário e só quando a mesma envia uma notificação, em horários aleatórios, para que os utilizadores registrem e partilhem com os seus amigos o que estão a fazer naquele instante.

São oferecidos até dois minutos para tirar uma fotografia com a câmera frontal e traseira, e as imagens são carregadas simultaneamente.

 Caso a pessoa faça muitas tentativas de fotografias, como se estivesse a tentar tirar uma boa fotografia, a app apaga a ação e não permite colocar fotografias durante algum tempo, bloqueando o utilizador. Ou seja, tudo tem de ser natural e rápido.

Também não podem ser aplicados filtros, além de não ser possível colocar uma fotografia quando quer, tem de esperar pela notificação da app.

Outro ponto curioso é que só se pode ver publicações de amigos se eles também fizerem um post naquele horário, caso contrário a app não deixa ver.

Quando a notificação do dia é exibida, todas as imagens postadas anteriormente desaparecem, de modo a restar apenas as próprias fotografias do usuário no campo ‘as suas memórias” — como as lembranças do Instagram, que só o usuário vê.

Para adicionar amigos, basta sincronizar o app com os contactos do telemóvel. Também é possível partilhar fotografias no feed público, chamado “Discovery”. Lá, os utilizadores do mundo inteiro podem mostrar quem são, onde estão, e o que estão a fazer no momento do post. Parece perigoso? Talvez, mas esta opção é só para quem quer.

Quais as diferenças para o Instagram?

Diferente do Instagram, no BeReal não é possível editar fotos para publicar. A proposta é capturar momentos corriqueiros da vida cotidiana, e fugir da “manipulações” virtuais.

 As imagens capturadas pelos usuários também não ficam registradas no feed, já que tudo desaparece.

Ainda que seja possível adicionar amigos na rede, não existe uma contagem numérica de “seguidores”, embora dê para reagir a publicações através do “RealMoji”. 

São seis opções disponíveis: um polegar para cima, rosto chocado, rosto sorridente, a sorrir e outro a chorar. A diferença, aqui, é que o usuário precisará de tirar uma selfie para reproduzir as expressões do emoji que quer escolher. 

Quem pode usar a BeReal?

A Axios, empresa responsável pelo aplicativo, diz que o público alvo é a geração Z – ou seja, pessoas nascidas entre a metade dos anos 1990 e o início de 2010. Entretanto, o BeReal pode ser usado por qualquer pessoa acima de 13 anos, que tenha acesso ao download nas lojas de aplicativo Google Play e App Store. Não é necessário convite.

Catarina Sousa