Skip to content
Menu

Instagram e a sua crise de identidade

As últimas mudanças no Instagram não têm sido muito bem vistas pelos utilizadores e a prova disso é a petição “Make Instagram Instagram again”. Criada pela fotógrafa e influenciadora Tati Bruening, esta é uma petição que pede o regresso da antiga versão da aplicação. Esta petição deve-se, acima de tudo, às recentes alterações feitas na plataforma, especialmente ao longo do último ano, que alteraram o formato do conteúdo divulgado,  o algoritmo, etc., e a têm tornado, cada vez mais, uma cópia do TikTok.

As principais mudanças no Instagram

  1. O chamado feed full screen (navegação em tela cheia), que extingue as publicações quadradas e retangulares do Instagram para adotar um modelo que ocupa a interface inteira, tal como o TikTok. Esse é um modelo voltado para favorecer os vídeos na vertical criados para o Reels.
  1. O feed por ordem cronológica 
  1. O algoritmo da plataforma que desfavorece os conteúdos publicados pelos amigos em benefícios dos anúncios publicitários e conteúdos sugeridos.

Até ao momento, a petição já conta com mais de 200 mil assinaturas (vê aqui) e conseguiu chamar a atenção de nomes conhecidos, tais como Kim Kardashian e Kylie Jenner, que apoiam o regresso a uma rede social mais simples.

Mariana Araújo